Eventos. SEMAD-MT - Secretaria Estadual de Missões das Assembleias de Deus do Estado de Mato Grosso.

EVENTOS

PALESTRA MULHER 100 DEPRESSÃO

10/03/2016

 POR BONDADE E MISERICORDIA DE DEUS REALIZAMOS MAS ESTE TRABALHO

Palestra: Mulheres 100 Depressão

 

Miss. Ev. Fabiano Bonfim Batista e Silva

Pastor Dirigente da Igreja

Miss. Kerlly Rodrigues M. Batista e Silva

Missionária Palestrante (esposa do pastor)

 

 

São Pedro de Joselândia 08 de Março de 2016

 

Realização:

Igreja Evangélica Assembleia de Deus em São Pedro de Joselândia

Barão de Melgaço- MT

                                         

 

Sumário

 

 

 

1. Que é Depressão

2. Causas

3. Sintomas

4. Tratamento

5. Identificando se tenho Depressão

6. Cura através da Fé

 

Que é Depressão

 

A depressão é uma perturbação do humor caracterizada por um conjunto de sintomas, que incluem tristeza e/ou diminuição do interesse pela realização de tarefas, perda de apetite, alterações do sono, fadiga e perda de energia, sentimentos de desvalorização ou culpa excessiva, visão negativa e pessimista da vida,

É um distúrbio afetivo que acompanha a humanidade ao longo de sua história. No sentido patológico, há presença de tristeza, pessimismo, baixa autoestima, que aparecem com freqüência e podem combinar-se entre si. É imprescindível o acompanhamento médico tanto para o diagnóstico quanto para o tratamento adequado.

 

 

Causas

 

A depressão é uma doença. Há uma série de evidências que mostram alterações químicas no cérebro do indivíduo deprimido, principalmente com relação aos neurotransmissores (serotonina, noradrenalina e, em menor proporção, dopamina), substâncias que transmitem impulsos nervosos entre as células. Outros processos que ocorrem dentro das células nervosas também estão envolvidos.

Ao contrário do que normalmente se pensa, os fatores psicológicos e sociais, muitas vezes, são consequência e não causa da depressão. Vale ressaltar que o estresse pode precipitar a depressão em pessoas com predisposição, que provavelmente é genética. A prevalência (número de casos numa população) da depressão é estimada em 19%, o que significa que aproximadamente uma em cada cinco pessoas no mundo apresenta o problema em algum momento da vida.

 

 

 

 

Sintomas

·         Humor depressivo ou irritabilidade, ansiedade e angústia

·         Desânimo, cansaço fácil, necessidade de maior esforço para fazer as coisas

·         Diminuição ou incapacidade de sentir alegria e prazer em atividades anteriormente consideradas agradáveis

·         Desinteresse, falta de motivação e apatia

·         Falta de vontade e indecisão

·         Sentimentos de medo, insegurança, desesperança, desespero, desamparo e vazio

·         Pessimismo, ideias frequentes e desproporcionais de culpa, baixa autoestima, sensação de falta de sentido na vida, inutilidade, ruína, fracasso, doença ou morte.

·         A pessoa pode desejar morrer, planejar uma forma de morrer ou tentar suicídio

·         Interpretação distorcida e negativa da realidade: tudo é visto sob a ótica depressiva, um tom "cinzento" para si, os outros e o seu mundo

·         Dificuldade de concentração, raciocínio mais lento e esquecimento

·         Diminuição do desempenho sexual (pode até manter atividade sexual, mas sem a conotação prazerosa habitual) e da libido

·         Perda ou aumento do apetite e do peso

·         Insônia (dificuldade de conciliar o sono, múltiplos despertares ou sensação de sono muito superficial), despertar matinal precoce (geralmente duas horas antes do horário habitual) ou, menos frequentemente, aumento do sono (dorme demais e mesmo assim fica com sono a maior parte do tempo)

·         Dores e outros sintomas físicos não justificados por problemas médicos, como dores de barriga, má digestão, azia, diarreia, constipação, flatulência, tensão na nuca e nos ombros, dor de cabeça ou no corpo, sensação de corpo pesado ou de pressão no peito, entre outros.

Tratamento

O tratamento da depressão é essencialmente medicamentoso. Existem mais de 30 antidepressivos disponíveis. Ao contrário do que alguns temem, essas medicações não são como drogas, que deixam a pessoa eufórica e provocam vício. A terapia é simples e, de modo geral, não incapacita ou entorpece o paciente.

Alguns pacientes precisam de tratamento de manutenção ou preventivo, que pode levar anos ou a vida inteira, para evitar o aparecimento de novos episódios de depressão. A psicoterapia ajuda o paciente, mas não previne novos episódios, nem cura a depressão.

A técnica auxilia na reestruturação psicológica do indivíduo, além de aumentar a sua compreensão sobre o processo de depressão e na resolução de conflitos, o que diminui o impacto provocado pelo estresse.

 

Identificando se Tenho Depressão

Se você se identifica com vários dos seguintes sinais e sintomas, não sentido nenhuma diminuição de dia para dia, você pode estar a sofrer de depressão:

·         Você não consegue dormir ou dorme em excesso.

·         Você tem dificuldades de concentração, ou sente que algumas das tarefas que fazia facilmente são agora um tormento.

·         Você sente-se desesperançado e desamparado.

·         Você não consegue controlar os seus pensamentos negativos por mais que se esforce.

·         Você perdeu o apetite ou não consegue parar de comer.

·         Você está muito mais irritadiço e com humor diminuído do que é habitual.

·         Você tem pensamentos de que não vale a pena viver (se for o caso procure ajuda imediata).

 

Cura através da Fé

 

Segundo Escreveu Isaias no cap.53 ver. 04 parte A, da Bíblia Sagrada

“Verdadeiramente, Ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre Si.”

 

Muitas pessoas em nossos dias procuram tratamentos, através de medicamentos, mas nem sempre tem o seu problema totalmente solucionado pois a depressão.

 

É uma doença psicossomática que tem em seus medicamentos apenas diminuição ou amenização dos sintomas, não sendo curado e sim amenizado, levando o paciente ao uso de medicamentos por muitos anos.

 

Acreditar no tratamento, no médico, em si mesmo e na recuperação é extremamente importante e pode ajudar inclusive no resultado e na cura de diversos problemas.

 

A fé pode ser uma grande aliada da saúde, faz bem para imunidade, melhora a resposta a processos de quimioterapia e radioterapia, por exemplo, e ainda pode ajudar a combater a depressão, ansiedade e problemas do sono.

 

Para comprovar essa tese, um trabalho do instituto Dante Pazzanese, com quase 250 artigos de todo o mundo, concluiu que a pratica regular de atividades religiosas pode reduzir o risco de morte em 30%.

 

Isso porque ter uma religião promove bem estar psicológico, menos pensamentos e comportamentos suicidas, menos consumo de álcool e drogas e um maior incentivo a hábitos saldáveis.

 

 

 

 

Bibliografia:

 

Site vida e saúde

Bíblia Pentecostal

 

Confira as fotos do Evento


COMPARTILHE!



PUBLICIDADE

FACEBOOK

SEMAD-MT - Secretaria Estadual de Missões das Assembleias de Deus do Estado de Mato Grosso.. 

Segunda, 11 de Dezembro de 2017


Warning: Unknown: write failed: Disk quota exceeded (122) in Unknown on line 0

Warning: Unknown: Failed to write session data (files). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (/tmp) in Unknown on line 0