Eventos. SEMAD-MT - Secretaria Estadual de Missões das Assembleias de Deus do Estado de Mato Grosso.

EVENTOS

4º aula do curso de Téo-Missiologia

10/05/2015

Por bondade de DEUS tivemos a 4º aula do curso de Téo-missiologia com os adolescentes do Setor ALPHA VILLE com o professor Pb. Claudenir Pereira Dias.

Agradecemos ao Pastor Francisco Fernando que tem nos apoiado, aos lideres de adolescentes do setor, aos secretários de missões do setor e a todos os adolescentes que estão participando do curso.

 

Projeto Missionário 2015

CURSO INTRODUTÓRIO DE TEO / MISSIOLOGIA

 

 

Ev. Wesley Marcelino de Oliveira

Secretário Executivo Semad-MT

Pb. Claudenir Pereira Dias

Coordenador de Cursos Semad-MT

Pr. Francisco Fernando Viana

Pastor do Setor - Alphaville

 

 

 

 

 

Cuiabá - MT 05 de Maio de 2015.

 

 

4º. MÓDULO - O DESAFIO DA EVANGELIZAÇÃO MUNDIAL[1]

CONTEÚDO DA AULA

1. NOSSO DESAFIO

2. Palestina na época de Jesus E SEUS DESAFIOS

3. Panorama Atual MUNDIAL

4. As dez principais religiões no mundo

5. SUA ATITUDE DIANTE DOS DESAFIOS EXISTENTES PARA FAZER A OBRA MISSIONÁRIA

CONCLUSÃO

 

 


 

1. NOSSO DESAFIO

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho Unigênito; para todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna (Jo 3:16). Realizar missões é algo que exige urgência, e que pode e deve ser realizado em qualquer lugar, individual ou coletivamente, a tempo e fora de tempo. Precisamos ter uma visão apaixonada por missões, o mundo esta carente de DEUS. Esta situação deve aumentar consideravelmente o seu desafio em fazer missões. Leia Marcos 6.30-44 que nos revela algo que os discípulos não tinham na época: DINHEIRO.

  1. Não tinham dinheiro nem onde comprar pão, ai esta um desafio. ISSO É OBRA MISSIONÁRIA. Principalmente no campo espiritual, alimentar as multidões famintas em lugares desertos da que foge a lógica natural da vida é o nosso desafio. É necessário olhar além e ver os campos brancos para ceifa. Muito importante dizer que este desafio não é menor que os dos discípulos. A tarefa de evangelizar o mundo é tão sublime que DEUS não confiou aos anjos, mais sim delegou a igreja (eu e você). Veja como o mundo em que vivemos se encontra..., temos muito trabalho á fazer, você concorda?

Depois de reconhecermos um dos principais desafios da obra missionária, a nossa opção deve ser: IR, ENVIAR e ser um verdadeiro MISSIONÁRIO que alegra o coração de Deus.

Para BAVINCK (1976, pág. 5);

Missões é aquela atividade da igreja, essencialmente nada mais do que a atividade de Cristo, realizada por meio da igreja, pela qual a igreja, neste período intermediário, chama os povos da terra ao arrependimento e à fé em Cristo, de modo que se tornem seus discípulos e, pelo batismo, sejam incorporados a comunhão daqueles que esperam a vinda do Reino. (J.H. Bavinck, An Introduction to the Science of Missions - citada por R.B.Kuiper in: Evangelização Teocêntrica, São Paulo, SP)

Leiamos o texto abaixo:

“E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas deles, e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo. E, vendo as multidões, teve grande compaixão delas, porque andavam cansadas e desgarradas, como ovelhas que não têm pastor. Então, disse aos seus discípulos: A seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros. Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara” (Mateus 9:35-38). O que podemos aprender?

* Abrangência missionária; percorria cidades e aldeias (Nicodemos / mulher samaritana);

* Compaixão missionária; teve compaixão deles;

- quer ver milagres acontecer:

1º ore para Deus te dar compaixão pelo o pecador;

2º Jesus teve/tem e sempre terá Preocupação com a obra  missionária; "...a seara é realmente grande..."

- a) case na Argentina; // b) apelo missionário; "rogai ao Senhor da seara que mande ceifeiros para sua seara".

https://www.google.com.br/maps/place/Brasil/@-14.2392976,-53.1805017,3z/

 

A tarefa suprema da Igreja é a evangelização do mundo. Quando Deus amou, Deus amou o mundo. Quando Deus deu o Seu Filho, deu-o pelo o mundo. A visão divina é uma visão mundial e essa é a visão que Ele quer que tenhamos. (Oswald Smith, O clamor do mundo, 2009, Ed. Vida).

 

2. A Palestina na época de Jesus e os seus desafios

Dois mil anos atrás, um homem chamado Jesus foi sentenciado à morte e crucificado em uma colina nos arredores de Jerusalém. No terceiro dia, ele ressuscitou para subir aos céus evento comemorado todos os anos no domingo de Páscoa.

2.1 – Religiões existentes

Na época de Jesus os judeus da Palestina dividiam-se em três principais facções religiosas: fariseus, saduceus e essênios. É importante observar que em cada um desses grupos outros pequenos grupos eram formados em torno da figura de um rabi (mestre) ou de uma escola rabínica.

  • Os fariseus eram mestres na interpretação das tradições orais dos rabis.
  • Saduceus - Os saduceus eram a classe sacerdotal do Templo. Com uma religiosidade mais formal e elaborada que os fariseus aceitavam apenas a Tora como revelação divina.
  • Essênios - Era grupo, ou melhor, vários grupos de costumes extremos. Viviam uma vida simples em comunidades no deserto. Assim como os fariseus acreditavam em anjos e demônios, tinham uma vaga concepção da ressurreição individual, esperavam para muito breve a vinda de um messias e eram deterministas (criam na predestinação).
  • Zelotes - Os zelotes eram um grupo de pessoas que não aceitavam pacificamente a dominação estrangeira de Roma sobre seu país. O líder mais conhecido dos Zelotes foi Judas, o Galileu, mencionado em Atos 5.37. Ele liderou uma rebelião contra Roma que veio a fracassar, porém, foi o início de tempos de conflitos que veio a culminar com a invasão de Jerusalém e destruição do Templo em 70 d.C.
  • Herodianos - Os herodianos eram aqueles que preferiam o governo da dinastia de Herodes o Grande a o governo dos romanos. Eram formados pessoas de diversas seitas religiosas. As Escrituras chegam a mencioná-los três vezes (Mt 22.16; Mc 3.6; 12.13).
  • Samaritanos - Estes eram judeus que tinham sua linhagem misturada com os assírios, pois quando Israel foi vencido pelos assírios e deportados os habitantes de samaria aderiram ao casamento misto com colonizadores assírios.

3. PANORAMA ATUAL MUNDIAL

A realização de estudos sobre a população é de suma importância e pode ocorrer em níveis regionais ou globais; o primeiro refere-se à busca por informações sobre os habitantes de um município, estado ou país; o segundo é mais abrangente, pois estabelece um agrupamento de informações, pois trata-se de pesquisas que levam em consideração aspectos populacionais de vários países, continentes e o número total de pessoas no mundo.

O censo, ao ser realizado, tem como objetivo conhecer o número de habitantes, os índices de crescimento vegetativo, índices de natalidade, índices de mortalidade, qualidade de vida, distribuição de renda etc., tais informações servem para que os governos realizem os orçamentos anuais direcionados aos serviços públicos, como educação, saúde, infra-estrutura, geração de emprego e muitas outras. No ano de 2010, algumas estimativas revelaram que a população mundial já passou dos 6,9 bilhões de pessoas, existem perspectivas de que até o ano de 2050 o número de habitantes deva atingir 9 bilhões.

Através desse tipo de procedimento é possível saber o número de habitantes, estrutura etária, número de habitantes por casa, a divisão dos cidadãos por sexo, além de dados como número de TVs, que contribui para conhecer o grau de consumo dos habitantes e a distribuição de renda. O número total de uma população em diferentes níveis, como um bairro, município, estado, país, é denominado de população absoluta, quando um país apresenta um número elevado é chamado de populoso. Em relação ao número de habitantes, atualmente os países mais populosos são: China 1,3 bilhão, Índia 1,1 bilhão, Estados Unidos 314,6 milhões, Indonésia 229,9 milhões, Brasil 190,7 milhões, Paquistão 180,8 milhões, Bangladesh 162,2 milhões, Nigéria 154,7 milhões, Rússia 140,8 milhões, e Japão, com 127,1 milhões de habitantes[2].

Você já pensou em ser missionário? Se você não pensou, saiba que Deus tem planos missionários em sua vida e pode sem em algum dos países que anunciamos acima, ou pode ser onde você está. O lugar é com Ele. A sua parte é ter o coração pronto para obedecer. Comece em sua casa e mantenha seu coração disponível ao Senhor! Lembre-se; “ ... a seara (mundo) é realmente grande, mais são poucos os ceifeiros (missionários)”.

3.1 - A Pobreza Mundial

A situação nos países mais pobres do mundo está piorando mais do que se imaginava. As próprias instituições capitalistas reconhecem esta evidência, e de acordo com o documento emitido no último relatório da Conferência das Nações Unidas para Comércio e Desenvolvimento de 2011, o número de pessoas que vivem com menos de 1 dólar por dia nos 49 países mais pobres do mundo - principalmente na África - mais do que duplicou nos últimos 30 anos, chegando a 307 milhões, o que equivale a 65% da população. As estimativas são de que este número pode chegar a 420 milhões em 2015. Nos países mais pobres de África -que inclui 34 dos 49 países mais pobres do mundo- quase nove entre cada 10 pessoas vivem com menos de 2 dólares por dia, e em uma rápida comparação com os americanos que precisam de 41 dólares por dia para sobreviver. O Congo é o país que registra os piores índices, com 90,5% da população vive com menos de um dólar por dia.

Grandes nomes das missões mundiais no Brasil apontam a maior dificuldade para a viabilização do potencial missionário, como sendo o fato de que, em muitas igrejas, missões é apenas uma parte do programa, e em outras nem se fala sobre missões, concluindo que o Diabo esta cegando o entendimento de muitos pastores e lideres e eu e você podemos mudar este cenário.

 

4. AS PRINCIPAIS RELIGIÕES NO MUNDO

Grande parte dos conflitos mundiais tem origem a partir de questões religiosas. É bom ressaltar que existem fatores de caráter político, econômico, territorial, geopolítico, entre outros. Atualmente existem inúmeras religiões sendo praticadas no mundo, as principais são:

a) Cristianismo: possui aproximadamente 2,2 bilhões de adeptos no mundo - essas pessoas são consideradas cristãs. Esse nome advém de Jesus Cristo que, segundo a crença de seus seguidores, veio para trazer a salvação para o homem. Essa religião é monoteísta (adora apenas um deus). Dentro do cristianismo ocorrem divisões, formando ramificações denominadas de:

• Catolicismo: representa as pessoas que seguem a Igreja Católica Apostólica Romana, que possui como autoridade máxima o papa. No mundo são contabilizados cerca de um bilhão de católicos.

• Ortodoxo: é uma religião cristã oriunda de uma separação que aconteceu na Igreja Católica Romana no século XI e que se dispersou no oriente. As principais igrejas são a Católica Ortodoxa e Ortodoxa Russa.

• Protestantes: emergiu a partir de divergências de opiniões dentro da Igreja Católica no século XVI. O surgimento dessa ramificação cristã está ligado à Reforma Protestante. Martinho Lutero foi quem liderou a revolta contra a venda de perdão por parte do clero, além de ser contrário aos dogmas praticados pela Igreja Católica, como a impossibilidade de engano por parte do papa e também a adoração a santos.

b) Islamismo/muçulmanos: é uma religião monoteísta que surgiu no século VII, foi criada por Maomé, seu principal líder. O livro sagrado é o Corão, atualmente possui cerca de um bilhão de adeptos no mundo e é a que mais cresce. O islamismo é difundido especialmente na Ásia e na África, porém existem muitos seguidores em países como a Inglaterra e a Espanha[3].

De acordo com LOPES (1999; pág. 10):

Apesar de milhões de seguidores, pouco mais de 2% da força missionária é voltado para os muçulmanos. As igrejas ou organizações missionárias têm a tendência de trabalhar onde os resultados são mais imediatos, evitando-se, portanto, os campos difíceis. (Rafael Lopes, Eu te darei as nações, 1999, Ed. Betânia).

c) Budismo: é uma religião criada por Buda, um príncipe chamado Sidarta Gautama. Surgiu na Índia, no século VI a.C. Dentro do budismo não existe hierarquia, até porque não há um deus, somente um líder espiritual, que é o Buda. No mundo existem cerca de 400 mil seguidores, sobretudo, na Ásia.

d) Hinduísmo: é uma religião praticada fundamentalmente na Ásia, possui um conjunto de preceitos, doutrinas religiosas baseadas nas escrituras sagradas do Vedas, livro que guarda textos, hinos, louvores e rituais.

e) Judaísmo: teve início na Palestina, ainda no século XVII a.C. É uma religião monoteísta, seu patriarca é Abraão. Atualmente são aproximadamente 14 milhões de seguidores no mundo.

 

5. SUA ATITUDE DIANTE DOS DESAFIOS EXISTENTES PARA JUNTOS FAZERMOS A OBRA MISSIONÁRIA

1) Orar mais, pois pela oração o crente se eleva ao plano espiritual e aí fala com Deus e ouve a Sua voz. Apresenta suas petições e recebe a Sua direção. Um(a) Missionário(a) precisa orar muito em prol da obra missionária.

Nenhum missionário pode viver sem orar, uma vez que orar também é um ato de obediência, que resultará num conhecimento e num relacionamento mais próximo de Deus. Jesus ensinou seus discípulos a orar sendo Ele mesmo o exemplo, como homem de oração que foi, enquanto esteve na terra: na escolha dos discípulos, na multiplicação dos pães, na ressurreição de Lázaro, no Getsêmani e em todas as ocasiões;

a) “... retirava-se para os desertos, e ali orava...”. Lucas 5:16;

b) “... subiu ao monte para orar, e passou a noite em oração a Deus”. Lucas 6:12;

c) “despedida a multidão, subiu ao monte para orar à parte”. Mateus 14:23.

Nos cultos de Missões é preciso levantarmos um clamor em prol da obra missionária.

2) Ter fé! Existe a fé natural que é baseada nas condições dos sentidos naturais, exemplo é o caso do discípulo Tomé, em Jo 20.5 - Se eu não vir o sinal dos cravos em suas mãos e não puser o dedo no lugar de maneira nenhuma o crerei. Existe também a fé espiritual, que se basea no mistério de Deus. Jo 4.24 - Deus é espírito e importa (lhe agrada) que os que o adoram o adorem em espírito (no mistério) e em verdade (seguindo/obedecendo a Palavra de Deus - A Bíblia). Temos também a fé que agrada a Deus, onde Hebreus 11.6 diz; "Ora sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus, creia que Ele existe e que é o galardoador (presenteador) dos que o buscam”.

A fé espiritual é um presente de Deus e também muito importante para o missionário. Importante dizer que a fé espiritual precisa ser exercitada para que possa crescer, pois senão ela morre por si só! Tiago 2.26 diz: “Porque assim como o corpo sem espírito está morto, assim também a fé sem obras (sem ação) é morta”. Se você ainda não conseguiu se libertar das dúvidas, do medo e da falta de fé, ore a Deus e peça que Seu Santo Espírito o liberte, te renove e através da fé em Cristo Jesus você tenha uma vida cheias de experiência com o nosso salvador. Um (a) Missionário (a)  precisa ter muita fé.

3) O nome de Jesus tem poder. Ele não economizou palavras para nos ensinar sobre o poder que há em seu nome. Os evangelhos estão cheios de promessas relativas a isto dais quais temos que estar sempre alicerçados na Sua palavra. Exemplo:

* “Estes sinais hão de acompanhar aqueles que crêem: em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados.” (Mc 16:17-18);

* “E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho.” (Jo 14:13). Lembre-se: " Somente Jesus tem autoridade por ser o Filho de Deus e por sua fidelidade em cumprir cabalmente o seu chamado, dando-nos a vida eterna por meio de seu sacrifício na cruz".

 

CONCLUSÃO

Os missionários autênticos são aqueles que propagam as boas novas de redenção através do sacrifício de Cristo no Calvário (1 Co 15. 1-4), não olham para as dificuldades existentes e através de muita oração e fé no Senhor Jesus, seu objetivo é alcançado: “ganhar almas”!.

Este trabalho humanamente falando, parece não ser um trabalho de destaque vultoso, porém é de suma importância para o crescimento do Reino de Deus e da igreja. Ainda nos dias atuais, o Senhor Deus procura corações obedientes e dispostos a ficar em Suas mãos.

Vale destacar que os grandes movimentos missionários começaram com poucas pessoas, que em pequenos grupos reunidos em oração, tinha em comum o desejo de cumprir a vontade do Pai, ir por todo o mundo e pregar o evangelho a toda a criatura (Mc 16.15). Ainda que em meio às muitas dificuldades e desafios, o Senhor Jesus deus crescimento a esse trabalho que por meio dos séculos tem ajudado muitas pessoas a encontrarem a salvação da alma. Como soldado de Cristo, eu e você precisamos estar unidos a essa causa. Jesus já derrotou a Satanás no Calvário e deu Seu sangue em resgate por todos os que estavam cativos. Portanto em nome de Jesus cumpramos com o ide e que o Espírito Santo esteja ao nosso lado para proteger, guiar e dar-nos poder sobre toda a oposição contrária a Obra Missionária.

Faça o que está ao seu alcance, começando pela sua casa, bairro, cidade, bem como nosso país e até mesmo nos confins da terra. Mantenha o coração disponível para a obra missionária.

Pra finalizar este estudo oremos: “Senhor meu Deus e também meu Pai, Tu me chamaste para ser missionário (a) na tua igreja, neste imenso Brasil e quem sabe até os confins deste planeta, para levar a Tua Palavra aos pecadores. Faz de mim Senhor, o homem/mulher que Tu queres que eu seja. É difícil o teu chamado e grande a responsabilidade, todavia me escolheste e por isso me coloco nas Tuas mãos, a fim de ser usado como um instrumento de Amor, Esperança e Paz, Fraternidade e Justiça. Em nome de Jesus confirma o meu chamado para eu realmente fazer a Tua vontade”. Amém!



[1] Professor Claudenir Pereira Dias é Presbítero da IEAD Jd. Imperial - Cuiabá (MT), Bacharel em Teologia e Especialidade em Planejamento e Doc. Do Ensino Superior (FEICS).

[2] Site: http://www.brasilescola.com/geografia/populacao-mundial-1.htm

[3] “... consiste em cega obediência aos preceitos do Alcorão e aos ensinamentos de Maomé (570 – 652)”.

 

COMPARTILHE!



PUBLICIDADE

FACEBOOK

SEMAD-MT - Secretaria Estadual de Missões das Assembleias de Deus do Estado de Mato Grosso.. 

Quinta, 14 de Dezembro de 2017


Warning: Unknown: write failed: Disk quota exceeded (122) in Unknown on line 0

Warning: Unknown: Failed to write session data (files). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (/tmp) in Unknown on line 0