SEMAD-MT - Secretaria Estadual de Missões das Assembleias de Deus do Estado de Mato Grosso.

NOTÍCIAS/ARTIGOS

Cristãos filipinos em um vilarejo muçulmano se preparam para o pior

Missões

Cristãos filipinos em um vilarejo muçulmano se preparam para o pior

 

Em uma aldeia reservadas em Zamboanga City, sul das Filipinas, os seguidores de Jesus Cristo se preparam para possíveis ataques de muçulmanos que são suspeitos pelo assassinato Lot *, um simpatizante dos cristãos

02_Filipinas_0310104453

"Em outubro passado, Lot disse a seus “assassinos” para não prejudicar os cristãos que estavam pescando", disse uma fonte local (que ficou no anonimato por razões de segurança). "Disse-lhes que os cristãos são pessoas como todas as outras que precisam alimentar suas famílias."

"Ele também repreendeu um grupo de viciados em drogas que usaria a igreja para se drogar", acrescentou a fonte. "Foi o que aconteceu no ano passado, quando muitos cristãos deixaram a aldeia durante o cerco (de Zamboanga City em setembro de 2013). Ele e outros líderes muçulmanos disseram para não profanar lugar de culto dos cristãos que, como os muçulmanos não querem que suas mesquitas sejam utilizadas de forma profana".

Os suspeitos podem ser encontrados andando livremente pela vila, empunhando suas pistolas. Os cristãos locais temem repercussões agora que Lot, seu único defensor, está desaparecido. Seu líder da igreja tomou precauções extras quando entrar na aldeia para realizar reuniões de oração, comunhão e estudo Kitab (Bíblia).

Lot havia mencionado os nomes dos seus assassinos antes de morrer. Disse que pessoas influentes haviam se envolvido no massacre de oito pescadores da tribo Sama, em outro incidente na vila Sangali, em 2013.

"[Muçulmanos] parentes de Lot estão conspirando para vingar sua morte", disse a mesma fonte, "mas seus parentes cristãos estão junto à sua viúva, para que a vingança não seja levada à diante."

Tribos muçulmanas no sul das Filipinas resolvem suas disputas através de um ciclo de vingança entre famílias. Ao invés de abrir um processo na delegacia de polícia, os familiares da vítima agora tramam para vingar a morte de Lot, alegando que a vida de outros membros da família pode estar em risco.

"Um de nossos colaboradores é um parente da viúva de Lot", disse o colaborador da Portas Abertas no sul das Filipinas. "Porque Lot é um simpatizante conhecido dos cristãos daquele lugar, o início de vingança colocará em risco a vida de todos aqueles ligados ele por sangue e casamento."

"Ore pelos cristãos de Sama", disse a fonte da Portas Abertas. "Eles esperam dificuldades à frente, não só na prática da fé, mas também na condução de seus meios de subsistência. Antes de seu assassinato, Lot defendeu-os dos piratas muçulmanos que iriam matá-los e roubar seus barcos quando eles estavam no mar. "
 
Nome alterado por motivos de segurança.

FontePortas Abertas Internacional
TraduçãoRegina Andrade

 

04/JANEIRO/2015

Fonte: Portas Abertas Internacional



Missões: Mais Notícias/Artigos



COMPARTILHE!



PUBLICIDADE

FACEBOOK

SEMAD-MT - Secretaria Estadual de Missões das Assembleias de Deus do Estado de Mato Grosso.. 

Quarta, 24 de Maio de 2017